FAÇA SUAS DOAÇÕES ONLINE POR AQUI!
DOAÇÕES

PALAVRAS

A PALAVRA DO SENHOR TEM PODER, DEIXE ELA TRANSFORMAR SUA VIDA!

Ame a seu próximo

O ministério é sobre salvação e amor.

02/12/2016

Por: Apóstolo Valdemiro Santiago

Matéria de: Victor Correa


Ame a seu próximo
FOTO: Eduardo Pinto

No passado, Deus instruiu pessoas em diferentes cargos e responsabilidades. Ele colocava homens para interpretar as leis que Moisés deixou. O Senhor os capacitava, os estabelecia e eles eram juízes, para um povo diferente do de hoje. Antigamente, não havia uma lei para cada país, os juízes intérpretes eram homens importantes de Deus. Deus também instituiu os sacerdotes, que são uma espécie de mediadores, homens que fazem o sacrifício. O sacerdote tinha de conciliar o povo com Deus. As pessoas pecavam, cometiam delitos e iam ao sacerdote, porque Deus não ouvia as pessoas diretamente, ouvia os sacerdotes, seu pecado precisava ser levado a ele, que determinava o animal para o sacrifício e levava seus pedidos a Deus. Através dos sacerdotes, as pessoas recebiam. Também haviam os levitas, membros da tribo de Levi, que ajudavam os sacerdotes no altar. Abaixo dos sacerdotes, estavam os levitas, que os auxiliavam. Jesus foi colocado à prova em Lucas 10:25 pelo intérprete da lei. Esse homem precisava esclarecer a lei para as pessoas que não a entendiam e, dependendo do delito, algumas pessoas eram mortas por suas infrações. Ao interpretar a lei, um intérprete salvava a vida de muita gente, mas veja o estado deste homem, pois ele se levantou para colocar Jesus à prova. Está cheio de homens e mulheres de Deus que, até hoje, colocam Jesus à prova, tentando a Deus, alguns, sem culpa, pois igrejas ensinam a brigar e desafiar a Deus. A força do cristão está na fé e no amor. Tudo o que você precisa, conseguirá através da fé e do amor. Esse sujeito não executava bem sua função. Ele conhecia a lei mais do que todos, exceto Jesus. Esse homem queria também impressionar a Jesus e veio com argumentos que faziam parecer que ele se interessava pela salvação. O interesse dele não era na salvação e ele fez pergunta de leigo, no intuito de provar Jesus. E quantos fazem a obra, mas sem o intuito da salvação, de ajudar a obra e tocar o coração de Deus. Basta olhar o ministério, a vida e os frutos deles. Como muitos, esse intérprete tentou dar uma de esperto. Jesus o respondeu com outra pergunta, porque Jesus sabia de quem se tratava. Teoricamente, aquele homem queria herdar a vida eterna. Podemos viver cem anos na terra, receber milagres todos os dias, ganhar o mundo inteiro, que sem a salvação, de nada adianta. Qualquer alegria que possamos sentir por conquistas ou realizações não é nada diante da salvação, da vida eterna. Quando um obreiro ou pastor comete um delito, não sabe o que é salvação, porque ela é tão importante que ela vale qualquer sacrifício, preço e entrega. A salvação é de Deus e herdar é direito de filho. Aprendemos com esse intérprete que somos sugeridos como filhos de Deus. A vida eterna que buscamos somente será alcançada por nós se nos tornarmos filhos. A lei diz que é preciso amar a Deus de todo o coração. Não tenha dúvida disso. Está cheio, entretanto, como no passado, de pessoas que adoram a Jesus e adoram a santos e outros deuses. Eles temiam ao Senhor, mas adoravam a outros deuses. Deus quer que O amemos de todo o coração, de modo completo. Não tenha outros deuses.

Outros deuses nem sempre são estátuas em paredes, podem ser seus conjugues, seus filhos, seus bens, ou algo específico que atrapalhe sua relação com Deus, que tira parte do seu coração de amar a Deus.

Quando os discípulos esbarraram em um jovem endemoniado e não conseguiram libertá-lo, Jesus disse que eles tinham de se preparar, que precisavam orar e jejuar mais. Existem problemas que você e eu enfrentaremos que só teremos autoridade para resolvê-los, desfazê-los, se nos encontrarmos revestidos de autoridade que vem de Deus. Para ter um dia abençoado, no dia anterior é preciso orar, jejuar, semear a boa colheita amanhã. Você precisa amar a Deus de todas as suas forças. O certo é lutarmos junto Dele em Sua causa até o fim das nossas forças, porque quando lutamos pela obra de Deus assim, temos vitória e vemos o milagre, porque se for feito com o coração até o fim das forças, Deus honra de sobremaneira. Busque a Deus de todo seu entendimento, porque é isso que mais precisamos, pelo meu entender. O intérprete sabia disso e Jesus o fez repetir, para que ele tivesse consciência no que ele falhava, fez com que aquele homem desse depoimento contra ele mesmo. Em muitas coisas que falhamos, temos consciência. Quantos são aqueles que se interessam pelo benefício que os outros recebem, ao invés de cuidar de suas vidas. Isso é errado, muito errado. Se nós amamos ao próximo, queremos que ele seja bem sucedido e sabemos que Deus não nos fará diferente dos outros. Os argumentos de injustiça vêm da inveja, de querer o bem de seu próximo. Jesus disse que o homem é mau e é por isso que a receita dada é verdadeira: ame a Deus e ame ao próximo. Faça isso e você vai prosperar, sua igreja vai encher, haverá milagres, você vai crescer. Como o que fazemos a vida inteira, aquele intérprete tentou se justificar. As pessoas tentam se passar por vítima. José foi vendido como escravo e passou todo o apuro e não se fez de vítima. Ao sair da cadeia, o copeiro se esqueceu de José, mas Deus não esquece. Não se preocupe sobre quem recebe a glória, porque quem rege e decide está de olho em você e anota tudo. O "próximo" é todo aquele ser humano que existe e você possa ver, conhecer, saber. Seja ele bom ou mal com você, faça ele injustiças ou justiças em seu favor. Saiba, ainda: se alguém lhe causar algo que pareça injustiça, não é. Deus é quem preparou para você o "caminho de José". Tudo coopera para o bem daqueles que amam a Deus e são chamados segundo o Seu propósito. A parábola com o samaritano é feita porque os samaritanos eram as piores pessoas próximas ao povo judeu naqueles tempos. Há vários exemplos bíblicos de como os samaritanos não recebiam os judeus, mas a bondade é inerente. Através desse exemplo, Deus queria dizer quanto mais nós, povo Dele, podemos ser bons. Tenha pena, tenha dó de todos. A bondade que está em nós pode fazer a diferença na vida de muitas pessoas e é esse o sentido que Deus espera. Ao amar o próximo, demonstramos nosso amor a Deus. A oração forte é a compaixão. Quando sentida, antes de você orar, Deus está operando em favor. Nossa alegria e esperança são frutos da angústia que Jesus carregou, que era nossa. Ele foi bom e nos ensina a termos a mesma bondade e compaixão por todos.

MAIS PALAVRAS

  • Confie em Deus

    Confie em Deus

    20/01/2021

    Eu sou a videira verdadeira, e meu Pai é o agricultor. Todo ramo que, estando em mim, não der fruto, ele o c...


  • Busque e fique com Jesus

    Busque e fique com Jesus

    19/01/2021

    Quando Jesus nasceu, o rei Herodes mandou matar a todos os recém-nascidos, por não saber qual deles era Jesu...


  • Deus é único

    Deus é único

    18/01/2021

    Deus nos chama de Jacó em Isaías 44: 1 em diante, fala com o povo Dele. Ele nos diz que Ele nos escolheu e q...


"A discrição do homem o torna longânimo, e sua glória é perdoar as injúrias."

Provérbios 19:11
  • BRADESCO | CNPJ: 02.541.710/0001-54 AG: 98 CC: 99002-7
  • BANCO DO BRASIL | CNPJ: 02.415.583/0001-47 AG: 1512-1 CC: 4176-9
© 2021 Igreja Mundial do Poder de Deus. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Nativa Desenvolvimento