FAÇA SUAS DOAÇÕES ONLINE POR AQUI!
DOAÇÕES

PALAVRAS

A PALAVRA DO SENHOR TEM PODER, DEIXE ELA TRANSFORMAR SUA VIDA!

Quem viverá no Santo Monte?

João 8: 28 - 30

02/02/2016

Por: Apóstolo Valdemiro Santiago

Matéria de: Victor Correa.


Quem viverá no Santo Monte?
FOTO: Pedro Itaboray

“Disse-lhes, pois, Jesus: Quando levantardes o Filho do homem, então conhecereis que EU SOU, e que nada faço por mim mesmo; mas isto falo como meu Pai me ensinou. E aquele que me enviou está comigo. O Pai não me tem deixado só, porque eu faço sempre o que lhe agrada. Dizendo ele estas coisas, muitos creram nele.” O único Santo que pisou na Terra disse que nada faz de si mesmo. Em outra feita, alguém chamou Jesus de Bom Mestre e Ele indagou por que bom. Fico escandalizado quando pessoas insignificantes, como eu, assumem autoria de igrejas e boas obras, se o único Santo nunca assumiu nenhuma, dá crédito ao Pai. Nos pouco mais de três anos que Ele evangelizou, nunca tocou na glória do Pai. Quando eu e você não concebemos isso, alimentamos dentro de nós que estamos sendo úteis para a obra, por isso a recomendação é fazer tudo certo e declarar-se servo de Deus. Isso é típico e natural no meio político, porque existe no meio uma necessidade de conquistar confiança e voto dos outros, por isso mostram obras em suas campanhas. Isso é natural lá, mas não para a obra de Deus. As coisas que acontecem aqui não são naturais como projetos de pontes, rodovias, universidades, as coisas que acontecem aqui são sobrenaturais, fogem da capacidade humana e se assumíssemos autoria disso, seríamos chamados de loucos. Os mais lúcidos deveriam ser nós, que pregamos a palavra e, quando assumimos a autoria de qualquer obra ou benefício, agimos como loucos. Não há lucidez numa pessoa que assume que faz e contribui nisso ou naquilo, quando na verdade, somos os mais privilegiados da face da Terra. Os apóstolos, quando apanhavam e eram arrastados, chegavam à cadeia e davam glória a Deus, alguns até comemoravam porque apanharam por causa do nome de Jesus. Hoje, o sujeito não suporta nem ser transferido de um estado, de uma cidade, quer sair, abrir uma nova igreja. Começarei uma nova campanha, que bispos e pastores insatisfeitos saiam e abram uma nova igreja, assim vocês saberão o que eu passo. Verá o que a alma e o corpo na frente de alguém em um ministério como este absorvem diariamente. Até a própria estrutura para um ministério deste, Deus é quem dá. Por isso muitos perdem a compostura. Haja paciência, haja lágrimas. Vocês não tem ideia. Tomara que esses prosperem, porque é muito difícil. Por isso não assumo autoria de nada, só das falhas. Reforço, quem quiser ir, ajudo com som e cadeiras, que eu não recebi como ajuda quando abri aqui. Jesus disse que só fazia o que o Pai mandava e realizava. Isso Jesus, não Valdemiro ou nós. Se Jesus, o Santo, só fazia o que o Pai dava para Ele, eu e você vamos assumir o quê? O mundo tem visto milagres através deste ministério e, por isso, paradoxalmente, é o mais difícil de ser administrado. Na teoria, seria melhor, mas na prática, não é. Você pode não ser conhecido, nem um "showman", mas aonde você chegar, Deus mandará povo, por causa do nome deste ministério, por esta obra. Alguns no passado, ao pregarem para muitos, abriram suas igrejas e não continuam. Eu ainda desafio quem são os padrinhos políticos, pois não há, pelo contrário, eu usava uma rádio pirata e passava apertos correndo da polícia, ameaçado por causa da rádio pirata. Assim começou essa obra. Algumas coisas me deixam no limite, mas é Deus quem nos renova e continuamos. Quando a águia está sem garras, com bico cascudo, elas encontram algum tipo de recurso e se renovam. Eu só consigo fazer a obra e ainda esboçar às vezes algum sorriso porque Deus tem me renovado. Somos mesmo como a águia, do contrário, não seria possível, porque se fossem os inimigos que me afrontam, são aqueles com quem divido meu prato, meu travesseiro, são esses que me magoam, que me entristecem, dói mais. Quando vem do inimigo, é fácil suportar, mas quando vem daqueles a quem se deu carinho, amor, oportunidade, é mais difícil. Mas é o preço de uma obra abençoada, uma das poucas no mundo que podemos profetizar que vai chover até parar e agora pedem calma de chuva. Sujeito pode falar que vai acontecer hoje e muitos de vocês nem sabiam que era isso, aprenderam que é isso e viram que Deus faz acontecer. Que pena que você não entende o valor desta obra e não sabe que você é um dos mais privilegiados. É obvio que em algum momento, você terá sentimento de injustiçado, isso é bíblico, que pena que é você mesmo que quer reparar nessa injustiça ao invés de seguir o caminho, porque o caminho da injustiça, da cisterna e da casa de Potifar, de ser tirado dos pais e passar sete anos na prisão, que te faz chegar ao governo do Egito. Mas é preciso suportá-la e entender o que Jesus falou: do jeito que o Pai me amou, Eu também vos amei. Permanecer no amor de Deus é suportar as tribulações, as aflições, os desertos, sem murmurar, sem dizer que é injustiçado, porque esse é o caminho. Não cheguei até aqui sendo aplaudido, tendo tapetes estendidos. Misturado com o concreto desta construção tem lágrimas, amolecendo o cimento. Esta obra tem alguns materiais empregados aqui que não se usam em algumas construções, a nossa sede é sobrenatural, estava perdida. Vamos ler o salmo 15, meditar sobre a nossa salvação. “SENHOR, quem habitará no teu tabernáculo? Quem morará no teu santo monte? Aquele que anda sinceramente, e pratica a justiça, e fala a verdade no seu coração. Aquele que não difama com a sua língua, nem faz mal ao seu próximo, nem aceita nenhum opróbrio contra o seu próximo; A cujos olhos o réprobo é desprezado; mas honra os que temem ao Senhor; aquele que jura com dano seu, e contudo não muda. Aquele que não dá o seu dinheiro com usura, nem recebe peitas contra o inocente. Quem faz isto nunca será abalado.” (Salmos 15:1-5). O projeto de Deus é que o homem vivesse num jardim, sem precisar trabalhar, sem precisar suar, sem precisar de penitenciária, de hospital, de delegacia, sem precisar de luz. Era a coisa mais natural. Em Mateus 6, o Senhor fala assim: “Por isso vos digo: Não andeis cuidadosos quanto à vossa vida, pelo que haveis de comer ou pelo que haveis de beber; nem quanto ao vosso corpo, pelo que haveis de vestir. Não é a vida mais do que o mantimento, e o corpo mais do que o vestuário? Olhai para as aves do céu, que nem semeiam, nem segam, nem ajuntam em celeiros; e vosso Pai celestial as alimenta. Não tendes vós muito mais valor do que elas? E qual de vós poderá, com todos os seus cuidados, acrescentar um côvado à sua estatura? E, quanto ao vestuário, por que andais solícitos? Olhai para os lírios do campo, como eles crescem; não trabalham nem fiam; E eu vos digo que nem mesmo Salomão, em toda a sua glória, se vestiu como qualquer deles. Pois, se Deus assim veste a erva do campo, que hoje existe, e amanhã é lançada no forno, não vos vestirá muito mais a vós, homens de pouca fé? Não andeis, pois, inquietos, dizendo: Que comeremos, ou que beberemos, ou com que nos vestiremos? Porque todas estas coisas os gentios procuram. Decerto vosso Pai celestial bem sabe que necessitais de todas estas coisas; Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas. Não vos inquieteis, pois, pelo dia de amanhã, porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo. Basta a cada dia o seu mal.” (Mateus 6:25-34). Esse muito mais de Deus é diferente do homem. Quando você ouvir Deus e Jesus falando, você não pode avaliar segundo a sua palavra, sua matemática. Quando Deus fala que é muito, alguém que coloca as águas do mundo nas mãos, anda sobre as águas e divide o mar, o que é muito para Deus? É difícil calcular. Aquele que é dono de tudo, maior que tudo e tem tudo em abundância disse que valemos mais e não temos ideia de preço, de quanto vale o ser humano para Deus. Por isso as muitas oportunidades de Deus. Alguns de nós, nem aqui deveríamos estar. Tantas besteiras fizemos e dissemos, mas quando Deus diz que valemos mais, entendemos porque Ele dá tantas oportunidades.

O muito de Deus não é o nosso e vice-versa. Isso é subjetivo entre os homens. O que é muito para você pode não ser muito para mim, mas o que é muito para Deus é impensável e Ele diz que temos muito valor.

Mas ninguém tem a qualidade de vida que tem as aves. Jesus fala dos lírios, a exuberância, a beleza, o perfume. Nenhum lírio acorda com desodorante, mas, todos os dias, passava no meio dos lírios quando morava na roça e quanto perfume eles tem. Eles não tem a ganância, a inveja, a avareza, a mágoa, o rancor que temos. Quando as pessoas se despojam dessa imundície, as coisas acontecem naturalmente na vida delas. Isso porque eu e você fomos feitos para viver em um jardim. Todo mundo é pecador, mas bastam alguns poucos se afinarem com Deus, que você os vê se destacarem, a vida fluir, as coisas acontecerem. Isso, em todas as áreas. Basta aparecer algum dentro da média ou acima da média e você percebe o sujeito se destacar. Naamã era incrédulo, mas acima da média e Deus deu vitórias. Quatro pessoas diante de uma cidade e, por estar acima da média, Deus deu vitória para Samaria e os prosperou. Quisera eu e você sermos como aqueles quatro leprosos. Eles eram acima da média. Os oficiais de Samaria borravam de medo e os leprosos apenas sabiam que, no máximo, morreriam. Hoje, é comum bispos e pastores ligarem por socorro, ameaçados de morte. Deus chamou os anjos e preparou as tropas para fazer os assírios fugirem. Você não precisa ser melhor que ninguém, mas se você entender a grandeza de Deus e a insignificância do homem, você será achado. Deus está sempre procurando. O centurião pertencia a um povo pagão, que Jesus declarou ir direto ao inferno, mas achou no centurião uma fé que nunca encontrou fora. Ela começava na maneira como o homem se apresentava a Jesus, a humildade para reconhecer a sua insignificância e que tudo o que você faz e recebe só pode vir de Deus. Isso é fé. Mas cadê? Quer ver? Eu peço a um bispo para ir a um estado e ele glorifica. Daqui um ano, ligo para chamar de volta e ele diz: O diabo me tirou daqui. Ué, quem manda é Deus e quem tira é Satanás? O centurião deixou claro que conhecia muito bem o que Jesus tinha como autoridade. Mas no caso de vocês, quem manda vai é Deus, mas quem manda vem é o capeta. Que coisa. É difícil lidar com gente, como é difícil. Eu percebo na bíblia, meditando, que os que foram grandemente recompensados, mesmo na Terra, foram aqueles de que foi tirado. Tiraram de José, deu no que deu. Tiraram de Jacó, deu no que deu. E os que receberam demais, se perderam. Mas aqui não, hoje é assim. Deus não trabalha em conjunto com o diabo. Ou é Deus quem dirige a obra, ou é o diabo. Não pode ser Deus a te mandar a um lugar e o diabo que te manda a outro. Deus não divide tarefa, não seja burro! Nenhum bispo, seja estadual, nacional, mundial, está autorizado a transferir alguém sem me consultar. Se fizer, me desobedece e eu vou remover. Que fique registrado isso. Pastor não é cachorro para ser puxado pela cordinha. Você passou por esse estágio, tenha consideração pelas pessoas, respeite o ser humano. Tabernáculo era uma igreja feita no deserto, numa barraca de lona. O povo de Israel não tinha casa, abrigo. Montavam uma barraca e em volta dela, faziam um cercado de pedras ou gravetos e o povo ficava do lado de fora do cercado e aqueles a quem o Senhor achava dignos, ficavam dentro do tabernáculo e deles, saíam as ordens, orientações e bênçãos para o povo. Tem algum de nós digno ou capaz? Quem habitará, Senhor, no seu tabernáculo? O salmista viu a determinação dos valores, das virtudes, das qualidades e, preocupado, perguntou. O tabernáculo ficaria vazio. Quem daria essas orientações, essas ordens, essas bênçãos? Digo que você e eu somos privilegiados. Temos muitas falhas e Deus nos chamou no meio de tantos. Duvido que qualquer um de nós poderia imaginar que estaríamos aqui, ministrando e ouvindo a voz de Deus, com Ele trabalhando no nosso meio e por nosso intermédio. Mesmo esses que Deus permite ministrar no tabernáculo, quem viverá no céu? O jovem rico tinha um currículo extraordinário, não sei se algum de nós poderia montar um currículo como aquele. Já ouvi pregadores falarem que ele só observava. Observar dele quer dizer praticar. Jesus deu uma lista dos ingredientes para morar no Santo Monte, ele disse que já cuidava de viver isso desde crianças. Jesus disse que só faltava uma coisa para aquele homem morar no Santo Monte. Quem disse, não erra. Nós? Nem responda o quanto falta. Se Ele falasse que, para nós, só falta uma coisa, como seria fácil. Disse uma e o jovem se perdeu. Imagina se Ele desse uma lista! Vocês foram levantados para trazer alegria para o Reino de Deus e para mim, que não sou nada, mas como líder de vocês, ouve o prestar contas, mas é só tristeza. Você vê que o Reino de Deus é tão difícil de entrar nele que alguém se perdeu só faltando uma coisa. Aquele ali estava na beiradinha do Reino de Deus. E Jesus falou que só uma coisa faltava. Se acompanhar o texto até abaixo, verá que, se Jesus mudasse a colocação das palavras, o Jovem Rico teria feito. Avaliando o tamanho da avareza daquele jovem, ele faria como algumas igrejas que tem por aí. Dar x para receber dez vezes mais. Ele era um exemplo de crente, se aquilo tivesse acontecido com outro, aquele jovem teria seguido. Porque se o justo viverá e é justificado pela fé, que não falha e que move montanha de um lado a outro, tenho de viver pela fé e comemorar por antecipação sim! Antes de receber, comemorar. Por isso igrejas vivem mal. Mostrar o que é, sempre será fácil, mas quem tem de mostrar é sua fé. Senão a justiça de Deus nunca trabalhará na sua vida. Mesma coisa o jovem rico. Mas cadê sua fé? "Eu saio humilhado, mas volto por cima da carne seca". O sujeito vem, pede para Deus passar um filme, revelar. Isso não é fé. Imagine José, que era um sonhador, se visse mais que feixe. Se ao invés disso, Deus mostrasse ele no Egito, no palácio, com as roupas, num banquete, com os irmãos pedindo cereais, quando os irmãos jogaram ele na cisterna, ele diria: Senhor, vai demorar muito para eu virar governador? Não, ele vivia pela fé. Quem vive pela fé, ao invés de murmurar, glorifica na adversidade. Quem tem mente cauterizada reage e lembro uma palavra que diz em João 12 “Na verdade, na verdade vos digo que, se o grão de trigo, caindo na terra, não morrer, fica ele só; mas se morrer, dá muito fruto. Quem ama a sua vida perdê-la-á, e quem neste mundo odeia a sua vida, guardá-la-á para a vida eterna. Se alguém me serve, siga-me, e onde eu estiver, ali estará também o meu servo. E, se alguém me servir, meu Pai o honrará.” (João 12:24-26). Integridade é pureza, sem mistura. Essa mistura é quando você tem amigos que, quando você está sendo abençoado, em coisas grandes, porque às vezes somos mais abençoados quando perdemos do que quando ganhamos e isso é algo que o Senhor diz, amigos do peito, que estão com você, quando você vai a tal lugar, dizem: você merece. Quando você sai, dizem: o que você fez de errado? Você não está crescendo? Deve ser aquele lá que não gosta de você. Provérbios 18: 6 “Os lábios do tolo entram na contenda, e a sua boca brada por açoites. A boca do tolo é a sua própria destruição, e os seus lábios um laço para a sua alma. As palavras do mexeriqueiro são como doces bocados; elas descem ao íntimo do ventre. O que é negligente na sua obra é também irmão do desperdiçador.” (Provérbios 18:6-9). A boca do insensato é sua própria destruição. Daqui a pouco vamos entrar no capítulo seis de provérbios. E tem gente que é tão inteligente que fala: "puxa amor, o fulano mesmo, amigo da gente, ficou chateado que tiraram a gente". Chateado o quê? O cramunha usa ele para te deixar chateado, se ele gostasse de você, diria para você glorificar, porque Deus está te abençoando em tudo. Esse amigo é um insensato. Até parece que ele é preocupado com você, quer é o seu lugar. Nós somos mudados porque João 3 diz que somos como o vento. “O vento assopra onde quer, e ouves a sua voz, mas não sabes de onde vem, nem para onde vai; assim étodo aquele que é nascido do Espírito.” (João 3:8). Assim é com todos os nascidos do Espírito, se você não fosse nascido do Espírito, você não era mandado para ir e vir, como sempre foi na vida de Paulo, de Filipe, de todos. Se você é nascido do Espírito, será assim com você. Não somos uma igreja com metas conquistadas e lugares a ficar, ou só aquilo que te agrada é o que serve? É bom dobrar os joelhos de madrugada para orar. Deus fala comigo de madrugada ao orar. O que faz um bolo crescer é o fermento. O bolo integral é baixinho, socado, que precisa de muita massa. O pão integral é feio, mas é puro. Integridade vem da pureza. Uma pessoa pura é uma pessoa que não vive desconfiada, questionando as ordens, vive como o vento mesmo. O seu amigo chega em você, manda mensagem, fala sobre você sofrer injustiça, muito amigo. O mundo jaz no maligno. Esse amigo é do cão e quer destruir sua fé, sua esperança com Deus. Eu já falei bem de você, mas duvido que alguém fale para você quando eu te elogio. Não entre nessa, nosso trabalho é fazer as pessoas morarem no Santo Monte, mas adianta dar o endereço, a chave, o caminho e você, em vez de ir para o Santo Monte, ir para o buraco? Ganhar o mundo inteiro e perder a alma? Alguns pensam que é dinheiro, mas pode ser principalmente almas. Você ganha muitas almas, mas não vai ao Santo Monte. Esse tal de WhatsApp, qualquer coisa chega no seu celular, que chega até a rodar. O Santo Monte é a única coisa que interessa ao homem, mais nada. Viver cinquenta, cem anos, não vale nada. A única coisa que interessa é ir para o céu com Deus. Tem pregador que diz que Moisés não entrou em Canaã... Mas Moisés estava junto de Jesus na transfiguração, foi direto ao céu, enquanto Josué ficou lá, lutando, quebrando espadas. Moisés saiu no lucro! Por isso Paulo diz que melhor é morrer. Deus fez um favor a Moisés, isso sim! Se fosse hoje, diriam cada um dos problemas que ele aturou para chegar até lá. Se a notícia fosse hoje, os amigos começariam a injuriar e murmurar, a querer fazer Moisés pensar sobre entrar ou não entrar. Quem recebeu mais foi Moisés. E que privilégio dos discípulos, que puderam saber quem era Moisés e Elias. Imagine o sujeito falar mal de Moisés porque não comeu das frutas da terra de Canaã. Por melhor que seja uma terra, alguma coisa se compara ao Jardim, ao Reino de Deus? Claro que não. Se fosse hoje, com internet, o povo começaria a dizer para Moisés não aceitar. Moisés passou para Josué... Hoje, como as coisas estão, é até difícil para um bispo passar o estado para o outro. Quando lemos o duro que Moisés deu no deserto e ele ouve que não vai entrar e pronto, não parece injustiça? Mas analise os lugares onde Josué foi e onde Moisés foi e veja quem se deu melhor. Que privilégio. Deus é tão justo, tão maravilhoso, que até no tirar a Terra Prometida de nós, Ele nos abençoa. Ele tirou a Terra Prometida de Moisés e Moisés foi direto para o Paraíso. Claro que ele deve ter ficado meio bicudo, porque é homem. Mas imagine ele chegando ao Paraíso. Se tivesse um WhatsApp, Moisés passaria uma mensagem para Josué, das maravilhas que encontrou. Nem Josué ia querer entrar em Canaã. Mas parecia injustiça! Tem coisas que Deus faz conosco, que na nossa burrice, parece injustiça, mas não é. Nunca, porque Deus não é injusto. Estamos no tabernáculo, eu e você, mas se somos dignos de morar no Santo Monte, é outra coisa. Por isso Deus disse para declarar tudo, não sermos servos inúteis. Mas e no Santo Monte, quem vai entrar? Vocês, que tem subordinados como eu, lembre que é quem pratica a justiça, de coração que fala a verdade. A coisa é tão séria que não basta falar a verdade, tem de falar a verdade e de coração, com prazer. Tem sujeito na obra que mente e acha que passará impune. Acha que a multidão que nos acompanha, viu mérito em nós? Não, é Deus quem coloca isso no coração das pessoas. Darei um conselho a você, chegue na sua igreja e reúna o povo contra mim, baixe a lenha mesmo. Isso é besteira. Veja o que acontece com os líderes que o fazem. Não adianta, eu tenho minhas cartas de recomendação. A contenda provoca guerras, morte. Em provérbios diz que o homem perverso espalha contendas e o difamador destrói amizades. “O homem ímpio cava o mal, e nos seus lábios há como que uma fogueira. O homem perverso instiga a contenda, e o intrigante separa os maiores amigos. O homem violento coage o seu próximo, e o faz deslizar por caminhos nada bons. O que fecha os olhos para imaginar coisas ruins, ao cerrar os lábios pratica o mal. Coroa de honra são as cãs, quando elas estão no caminho da justiça. Melhor é o que tarda em irar-se do que o poderoso, e o que controla o seu ânimo do que aquele que toma uma cidade. A sorte se lança no regaço, mas do Senhor procede toda a determinação.” (Provérbios 16:27-33). Tem gente que não é mais seu amigo por causa do difamador. O fofoqueiro, o língua de trapo, é difícil de engolir. É demônio. O difamador transforma amigos em inimigos e quem ouviu a fofoca, sabe de nada e não apura. Quem difama com a língua não entra. Quem é seu próximo? O Samaritano conhecia o homem que socorreu? Porque Jesus falou que o samaritano ajudou ao próximo. Jesus classificou que fazer o bem para quem é contra nós, o galardão é muito maior do que fazer o bem àqueles que nos amam. Jesus disse que o que nos credencia a entrar no Santo Monte é superar o desejo de vingança, que é terrível. Você já deve, em algum momento, ter superado a vingança, a mágoa, e fez bem a quem te fez mal. Você se sente voando, é gostoso demais, mas é muito difícil. Jesus falou isso, que recompensa teremos se fizermos bem somente a quem nos faz bem? Jesus fez o bem a todos que lhe fizeram mal. O primeiro que Ele alimentou foi o que lhe traiu. Abençoou o pão e deu o pão abençoado ao traidor. Esse é o exemplo. Se o próximo fosse aquele que nos ama, nos abraça, nos aplaude, por que a recomendação? Você nunca fará mal para ele nunca. O próximo é o chato, o que te odeia, tem de falar bem dele, ou no mínimo, ficar quieto. O Senhor nos ensina isso, faz parte da cartilha, dessa lista imensa que é para entrar no Santo Monte. Não irrite seu vizinho. Réprobo é uma pessoa má, condenada, sem solução. Não ser abalado não é não ter problemas, teremos, estamos no mundo. O não ser abalado é ter uma conduta dessas, que agradam a Deus. Quem consegue agradar a Deus tem tranquilidade, a certeza de que Deus vai resolver tudo e abençoar a vida dele. “O homem mau, o homem iníquo tem a boca pervertida. Acena com os olhos, fala com os pés e faz sinais com os dedos. Há no seu coração perversidade, todo o tempo maquina mal; anda semeando contendas. Por isso a sua destruição virá repentinamente; subitamente será quebrantado, sem que haja cura. Estas seis coisas o Senhor odeia, e a sétima a sua alma abomina: Olhos altivos, língua mentirosa, mãos que derramam sangue inocente, O coração que maquina pensamentos perversos, pés que se apressam a correr para o mal, A testemunha falsa que profere mentiras, e o que semeia contendas entre irmãos. Filho meu, guarda o mandamento de teu pai, e não deixes a lei da tua mãe; Ata-os perpetuamente ao teu coração, e pendura-os ao teu pescoço.” (Provérbios 6:12-21). O homem de belial é o homem que não vale nada, sem valor algum. Homem vil, que anda com falsidade na boca. O que ele rouba amaldiçoa a vida dele. Fé não é só curar enfermo, é confiar que o tempo inteiro Deus está controlando e dirigindo sua vida. O mal sujeito faz isso porque é um homem de belial, nem para si mesmo ele presta. A quem maquina o mal, a destruição virá de repente. Tem vezes que vejo isso e até me assusto. O Senhor detesta, aborrece, abomina as seis coisas que vem a seguir nesse mesmo capítulo, após o verso 12. E, a sétima, ele se revolta. Altivez. Superioridade. Quando você vê alguém que você julga inferior à obra, seu amigo fala que deveria ser você, que se acha maior, mais capaz. Você julga alguém assim talvez pela aparência. Quando lemos sobre Davi, imaginamos Saul como um sujeito arrumado e Davi, todo arranhado. Deus falou a Saul que ergueu a Davi, que era muito melhor que ele, por ser homem segundo o coração de Deus. Não é preciso ir muito longe, acham que tem na Terra algum profeta igual Samuel? Me perdoem, mas acho que nunca nem irá mais ter. Davi não esperava ser rei. Nenhum de nós esperava chegar até aqui. A única coisa que eu queria na vida enquanto eu morava na roça era comer. Dormia e sonhava com frango assado. Você também não tinha muita coisa antes e hoje acha que arrebenta, é o tal. Antes, nada e hoje, como uma simples transferência é injustiça, como o ser humano é podre e como Deus é longânimo, paciente. Quem éramos nós? Hoje Deus entra na nossa boca, com todo tipo de gente nos ouvindo, Deus fala algo que muda a vida dessas pessoas e você achando que isso saiu de você. Deus é muito paciente conosco, um Deus de oportunidades. O agricultor foi atrás da figueira e não dava frutos, perguntou se estava ali inutilmente e o curador ofereceu manter e adubar a figueira estéril mais um ano. Não me pergunte sobre fulano na obra, Deus é quem mantém, o adubo é Dele, a terra é Dele, a vinha é Dele, mas Jesus falou para deixar mais um ano. Jesus disse que o Pai era agricultor. Eu quero duas coisas, ganhar alma e morar no Santo Monte. E você? Quem ganhou mais, Moisés ou Josué? Um conselho: se não deixarem você entrar na Terra Prometida, dê glória a Deus, porque você vai direto para o Paraíso. O jactancioso diz que mudou a história do Estado, do País, de onde chegou. Na sede, tem disso direto. Depois que ele veio, tudo anda, o povo voltou, novas pessoas aparecem. Quando entra outro no lugar dele, liga para saber como está. Cuidado. Não entre nessa não. Olhos altivos são ruins. O sentimento de injustiça é comum em quem tem olhos altivos, porque o sujeito acha que arrebenta e qualquer coisa que contrarie os pensamentos dele são sinais de injustiça. São do homem que se acha grande. A oração dos dois, diferentes. Um deles recebeu na hora, o outro saiu quebrado na emenda, porque se achava grande demais. Deus detesta olhos altivos, o que faz você julgar algo é se sentir maior que aquela pessoa. Por que, não sei, talvez Deus tenha feito alguma coisa boa te usando e você trouxe a glória para si. Pegou a glória de Deus para você. Ostenta méritos. Língua mentirosa. Mãos que derramam sangue inocente, nem sempre matar, mas caluniar, fofocar, quando você denigre a imagem de alguém. Coração que trama projetos maus. Você não vai acabar com fulano, vai acabar é com você mesmo, com certeza. Pode até causar transtorno, mas fulano será exaltado e você vai afundar, afundar e afundar, ser aquebrantado sem que haja cura. Pés que se apressam a correr para o mal. O fofoqueiro que quer dar a notícia em primeira mão. Testemunha falsa. E abomina o que semeia contendas entre irmãos. Por isso tem uma palavra que diz em provérbios 13: 3 “O que guarda a sua boca conserva a sua alma, mas o que abre muito os seus lábios se destrói. A alma do preguiçoso deseja, e coisa nenhuma alcança, mas a alma dos diligentes se farta.” (Provérbios 13:3,4). Você fala uma coisa, às vezes de coração, verdadeiro, mas continua sendo fofoca. O que você tiver de falar, fale na frente. Eu falo na frente, no ar. Tudo o que vier falar para mim, irá dizer na frente da pessoa também. Guardar a boca conserva a alma. Se você não conservar sua alma, você vai para o inferno. Mas o que muito abre os lábios, a si mesmo se arruína. O preguiçoso deseja e nada tem. Mas a alma dos diligentes... Com certeza, não temos preguiçosos aqui, porque é de coração que desejo que esta palavra mude sua vida, preserve vocês todos no caminho certo e nos permita habitar no Santo Monte. Que todos possamos lembrar que é Deus no controle e glorificar o nome Dele a todo tempo. Amém.

MAIS PALAVRAS

"Nele estava a vida, e esta era a luz dos homens."

João 1:4
  • BRADESCO | CNPJ: 02.541.710/0001-54 AG: 98 CC: 99002-7
  • BANCO DO BRASIL | CNPJ: 02.415.583/0001-47 AG: 1512-1 CC: 4176-9
© 2020 Igreja Mundial do Poder de Deus. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Nativa Desenvolvimento